Análise do LG Optimus G

Thaylan Melo | 16:34 | 0 comentários

Conheça o novo smartphone de topo de linha da fabricante

LG Optimus G
LG quer sair do segundo lugar em direção à liderança do mercado nacional de smartphones nesse ano. O carro-chefe da empreitada é o Optimus G, apresentado hoje pela fabricante. Botamos as mãos no aparelhos que têm como um dos destaques o acesso à rede 4G.

"A LG domina 50% das patentes dessa tecnologia", afirma Raphael Sudam, chefe do setor de produtos e de planejamento estratégico da empresa, enquanto manuseia seu próprio Optimus G. Para ele, o controle do sistema é fundamental na consolidação da marca e do aparelho na sua faixa de mercado.

Potente, o novo smartphone também se destaca pelo seu processador Qualcomm Snapdragon de quatro núcleos com frequência de 1,5 GHz. Ele está pareado com memória RAM de 2 GB e placa gráfica Adreno 320, o que suaviza as transições e exibições de imagens na tela do dispositivo.

Reprodução

O mesmo display que mostra a rápida resposta também retém algumas marcas de dedo na sua superfície. Ele tem 4,7 polegadas e resolução HD de 768 x 1280, uma capacidade alta de exibição que conflita com um brilho um tanto excessivo do seu revestimento.

O corpo do aparelho também recebeu tratamento especial. "Ele é todo em vidro porque é um diferencial para o cliente", ressalta Sudam. O material favorece a pegada no smartphone, que é leve (145 gramas) e fino (8,5 mm).

Tirar uma foto com o aparelho não é uma tarefa difícil, por exemplo. Além do seu corpo, alguns recursos do Optimus G ajudam o usuário. A captura de imagens, quem chegam a até 1080p, pode ser ativada por voz e as opções de câmera incluem configuração de ISO e ajuste de cor.

Reprodução

O sensor da lente traseira tem 13 MP com flash embutido e pode gravar, enquanto a lente frontal tem 1,3 MP. Mesmo com esse poderio, não há botão físico dedicado à função. É preciso navegar pelo sistema para encontrar a opção de fotografia e vídeo.

Não que seja um grande problema, uma vez que o Optimus G funciona com uma versão própria da LG para o Android Jelly Bean. O tratamento dado à plataforma tornou-a mais intuitiva e indicada a usuários de primeira viagem em smartphones mais parrudos.

Apesar disso, há recursos avançados. O QuickSlide é voltado à multitarefa. Ele permite, por exemplo, que um vídeo do YouTube seja executado enquanto, na mesma tela, outras funções são realizadas. 

Reprodução

Já o MiraCast, voltado para compartilhamento de arquivos, possibilita que uma imagem do Optimus G seja exibida em uma TV após um deslize dos dedos na tela do smartphone. É preciso que o televisor tenha conexão com alguma rede para realizar a função.

Quanto ao Optimus G, além do 4G, ele também oferece conexões Wi-Fi n, Bluetooth 4.0 e porta microUSB 2.0. O aparelho também pode funcionar como ponto de acesso à internet.

Ele estará disponível no Brasil a partir de abril sob o preço de R$ 2.000 -- fazendo frente a lançamentos da Nokia e da Samsung. Para Sudam, é importante essa chegada no mercado. "Temos de estar presente em todas as operadoras", afirma.


via olhar digital

Category: , ,

0 comentários