Xbox One: Microsoft explica como jogar títulos usados e emprestados

Thaylan Melo | 23:24 | 0 comentários

 O Xbox One foi anunciado oficialmente pela Microsoft esta semana, mas muitas dúvidas ainda permaneceram, principalmente em relação ao bloqueio de jogos usados. Para evitar mais boatos e especulações, Phil Harrison, vice-presidente corporativo da empresa, esclareceu o processo. Não será mais tão simples emprestar um jogo para um amigo.
O Xbox One pode acabar com a cultura de jogos usados e emprestados (Foto: Divulgação)O Xbox One pode acabar com a cultura de jogos usados e emprestados (Foto: Divulgação)
Em entrevista ao site Eurogamer, Harrison afirma que o processo não é diferente da maneira como os discos do Xbox 360 funcionam hoje, no qual é possível emprestar um disco de jogo, eu mesmo dá-lo de presente ou revendê-lo. “O que estamos fazendo com as ‘permissões digitais’ que temos no Xbox One não é diferente disso”, conta o executivo. Entretanto, não é tão simples assim, e existe até a cobrança de taxas. Entenda:
“Se eu estou jogando um disco, instalado no hard drive do meu Xbox One, todos na minha casa podem ter acesso ao conteúdo do disco”, começa Harrison. “Eu posso ir à sua casa, colocar o disco no seu console, entrar na minha conta [da Xbox Live] e nós jogamos o game. Se você deseja continuar jogando [na sua própria conta], então você terá que pagar por isso.”
“Os dados do jogo já estão no seu hard drive, então é só uma questão de entrar na nossa loja virtual e comprar o jogo, e ele estará instantaneamente disponível para jogar. Para jogarmos ao mesmo tempo, nós dois temos que ter o jogo. Isto não é diferente de como os discos operam hoje.”
O que Harrison não comenta é que este método, na prática, acaba com o empréstimo e a revenda de jogos como conhecemos hoje. A instalação do disco de jogo é atrelada à conta do jogador. Para que o mesmo disco seja jogado por outro jogador, é preciso pagar uma taxa pelo licenciamento do game para este novo usuário.
Via Video Gaming 24/7, tech tudo

Category: , , ,

0 comentários