O Futuro é 64 bits!

Thaylan Melo | 23:03 | 0 comentários

Junto com a popularização do Windows Seven, veio também a popularização dos processadores de 64 bits, mas você sabe o que é, ou como ele pode fazer a diferença no seu dia a dia? Descubra estas e outras respostas na linhas abaixo.

Créditos da imagem: Viagallery.com


Os processadores 64 bits já existem há um certo tempo, essa tecnologia nasceu entre 2001 e 2002 pela mãos da poderosa empresa Intel, porém foi a AMD que conseguiu popularizar a plataforma.

Para ajudar a esclarecer suas dúvidas, leia as perguntas e respostas abaixo, caso você tenha outra dúvida
sobre o assunto, deixe-a nos comentários que responderei assim que possível.


Perguntas e Respostas

Vamos responder às perguntas de maneira simples e descomplicada, sem se aprofundar no assunto!

Qual a principal diferença entre processadores de 32 e 64 bits?

Os processadores de 32 bits tem a capacidade de processar e utilizar no máximo 4Gb de Memória Ram, já os processadores de 64 bits conseguem utilizar 16 exabytes.

Nos dias de hoje quem fabrica processadores com a tecnologia 64bits?

As duas maiores empresas do segmento de processadores, Intel e AMD.

Além do processador, tenho que ter algo a mais para usar essa tecnologia?

Sim, além do processador ser 64 bits, você terá que ter um Sistema Operacional de 64 bits.

Quais Sistemas Operacionais oferecem a plataforma 64bits?

No universo Microsoft temos: O XP 64, Vista 64 e Seven 64

No Universo Linux temos: Quase 100% das distribuições oferecem uma versão 64bits.

Nos Mac: A partir da versão Snow Leopard (Mac OS X 10.6).

Porque o 64 bits é o futuro?

Simples, atualmente ao irmos comprar um PC ou um Notebook, as configurações mínimas oferecidas pelas lojas são de 2Gb de memória, isso acontece por inúmeros fatores, mas vamos realçar o fator Windows Seven.

Hoje para rodar o Windows 7, recomenda-se 2Gb de memória Ram, porém o ideal é que se tenha mais memória, para que o sistema funcione bem sem travamentos. Ao comprar um novo computador, espera se que ele seja capaz de receber muitos upgrades para que possa ficar o máximo de tempo possível com ele mas isso não ocorre.

Para se ter uma idéia de como 2Gb é realmente muito pouco, basta lembrar do Windows Xp, quando foi lançado ele exigia no mínimo 64mb. Hoje em dia rodar ele com 512mb é se preparar para vários momentos de lentidão. Pensando desta forma, em aproximadamente 2 anos, O Windows Seven deverá exigir por volta de 5 Gb de memória para seu funcionamento básico, dependendo dos programas do usuário esse valor pode aumentar muito mais, por volta de 6 à 10Gb.

Mesmo se você for usuário Linux, como nós, é importante que saiba que o Linux está tão bem preparado para o 64bits como os outros S.O.

Além de ter uma capacidade de processamento e reconhecimento maior de memória, a tecnologia 64bits já está sendo o próximo passo da informática nos tempos atuais. Comprar hoje um processador sem suporte a tecnologia 64bits pode ser um péssimo negócio, já que muito breve essa tecnologia será "obrigatória".

Então fica a dica "Na hora de comprar seu PC novo, veja se o mesmo suporta a tecnologia 64bits."

Para saber mais sobre o assunto, recomendamos:

Vídeo: http://olhardigital.uol.com.br/

Artigo Nacional: http://www.gdhpress.com.br

Artigo Internacional: http://pplware.sapo.pt/

Category: , ,

0 comentários