Radeon HD 7990: Conheça o novo monstro de duas cabeças da AMD

Thaylan Melo | 16:42 | 0 comentários


  • Placa custará por volta de mil dólares e é basicamente duas Radeon HD 7970 fundidas em uma só. O desempenho deixa a GeForce GTX Titan comendo poeira.


Mil Dólares. É quanto a AMD imagina que você irá desembolsar se quiser comprar uma placa de vídeo equipada com duas de suas mais poderosas GPUs. A AMD nos forneceu uma “placa de referência” para que pudéssemos conhecer a Radeon HD 7990, e modelos comerciais devem chegar às lojas (nos EUA) no final deste mês. Considere esta matéria como um “hands-on” com a nova placa.
Essencialmente a Radeon HD 7990 é composta por duas Radeon HD 7970 fundidas em uma peça só. Você pode chamá-la de “CrossFire em uma placa”. Cada GPU, construída em um processo de 28 nm, tem 4.3 bilhões de transistores (8.6 bilhões no total) e 4096 stream processors, com um poder de computação total de 8.2 teraflops, ou seja, 8.2 trilhões de operações de cálculo em ponto flutuante por segundo. E cada processador tem uma interface de 384 Bits com 3 GB de memória DDR5 (6 GB no total), então mesmo os jogos que consomem mais memória rodarão extremamente bem nesta placa.
radeon7990_placa-360px.jpg
A Radeon HD 7990 tem três ventiladores surpreendentemente silenciosos
A placa é capaz de suportar até cinco monitores simultâneamente, mesmo que eles não suportem “multi-streaming” via DisplayPort, graças à presença de quatro portas Mini DisplayPort e uma porta DVI. A tecnologia Eyefinity da AMD pode suportar até seis monitores DisplayPort simultâneamente (desde que ao menos um deles suporte multi-streaming), embora seja improvável que você seja capaz de operar seis monitores de alta-resolução de uma vez só.
Isso é porque o padrão DisplayPort é capaz de uma largura de banda máxima de 21.6 Gbps. Quatro telas de 1920 x 1200 pixels com uma profundidade de cor de 30 bits por pixel e taxa de atualização de 60 quadros por segundo consumiriam a maior parte desta banda. E além disso, jogar com mais de três monitores não é o ideal, porque você terá uma moldura bem no meio de seu campo de visão.
radeon7990_conector-360px.jpg
O conector no canto superior direito da imagem permite ligar múltiplas placas em conjunto
A nova rainha do pedaço
Com a Radeon HD 7990 a AMD toma para si o título de mais poderosa placa de vídeo para o consumidor, que havia sido conquistado pela Nvidia em fevereiro passado quando ela lançou a GeForce GTX Titan. Esta placa, baseada em apenas uma GPU, é capaz de um desempenho computacional de 4.5 Teraflops, o que era considerado impressionante na época.
Mas mesmo em uma configuração SLI com três placas Titan em um PC você consegue “apenas” 13.5 teraflops. Já com duas 7990 em CrossFire, assumindo que você tenha dinheiro para isso, é possível conseguir 16.4 teraflops.
Tivemos a oportunidade de rodar vários jogos recentes na Radeon HD 7990 e ficamos impressionados com o desempenho que vimos, especialmente em resoluções muito altas. Nossa máquina de testes consistia de um PC com um processador Intel Core i7 2600K rodando a 3.4 GHz e 32 GB de RAM DDR3/1600 instalados em uma placa-mãe ASUS P8Z77-V Pro/Thunderbolt. Com uma resolução de 1920 x 1080 pixels (Full HD), como a encontrada em um monitor de 23 ou 34 polegadas, a placa conseguiu rodar DiRT Showdown na qualidade gráfica Ultra a impressionantes 110.2 quadros por segundo.
radeon7990_instalada-360px.jpg
Antes de comprar a Radeon HD 7990, certifique-se de que ela
cabe em seu PC: são quase 30 cm de comprimento!
Em um jogo mais exigente em termos de recursos, a Radeon HD 7990 se mostrou capaz de rodar Bioshock Infinite a 1920 x 1080 pixels e qualidade gráfica Ultra a 111 frames por segundo. Quando conectamos o PC a um monitor de 30 polegadas e elevamos a resolução para 2560 x 1600 pixels, a taxa de quadros caiu para 74.5 quadros por segundo, acima do ideal de 60 quadros por segundo constantes. E se você está interessado em uma experiência mais imersiva com três telas, vai gostar de saber que segundo a AMD a placa é capaz de rodar o jogo na resolução Ultra a 5760 x 1080 pixels e 59.7 FPS (Nota: os testes da AMD foram feitos usando processador, placa-mãe e memória diferentes dos nossos).
Roda Crysis?
Como nenhuma discussão sobre o desempenho de placas de vídeo está completa sem uma menção a Crysis, fizemos um teste com Crysis 3 na qualidade gráfica Ultra e resolução de 1920 x 1080 pixels, e conseguimos 37.1 quadros por segundo. E quando elevamos a resolução para 2560 x 1600 pixels em nosso monitor de 30 polegadas, a taxa de quadros caiu para 29 fps, mas ainda assim perfeitamente jogável.
ps4_vs_pc_crysis3-360px.jpg
Nem Crysis 3 conseguiu derrotar a Radeon HD 7990 (Clique para ampliar)
Já nos benchmarks sintéticos, a Radeon HD 7990 rodou o Heaven, baseado no DirectX 11, na qualidade gráfica Ultra e resolução de 2560 x 1600 pixels a 66 fps (com pontuação de 1664), e a 2560 x 1600 pixels a 38 fps (972 pontos). Os resultados no 3DMark foram 138073 pontos no Ice Storm (que é limitado aos recursos do DirectX 9, e portanto o menos exigente dos testes), 23314 no Cloud Gate (que é limitado ao DirectX 10), 10707 no Fire Strike (um benchmark DirectX 11 completo) e 5756 no Fire Strike Extreme (um teste projetado para testar sistemas com múltiplas GPUs)
Gostaríamos de reportar estes resultados em comparação com o Nvidia Titan, mas a Nvidia não nos forneceu um em tempo para a publicação deste artigo. Esperamos poder publicar números comparativos quando tivermos acesso às versões comerciais de ambas as placas.

Via PC World

Category: , ,

0 comentários