Tecnologia 4DX é a nova revolução nas salas de cinema; entenda

Thaylan Melo | 10:51 | 0 comentários


Ainda em junho de 2012, entrou em operação a sala de cinema com tecnologia 4DX, sendo a rede Cinépolis responsável por trazer a novidade ao Brasil. Trata-se de uma revolução na forma como assistimos filmes. Uma maneira diferente que as empresas responsáveis pelas salas de cinema encontraram de chamar a atenção do público. Mas o que é 4DX e como funciona essa novidade?
O público pode receber borrifadas de água em uma sala 4DX (Foto: Reprodução/Cinépolis)O público pode receber borrifadas de água em uma sala 4DX (Foto: Reprodução/Cinépolis)
O 4DX é a sigla para 4D ‘X’perience (Experiência 4D). Ou seja, esta sala proporciona um ambiente com sensações além do 3D. Para isso, a sala e as poltronas são especialmente desenvolvidas para gerar uma série de estímulos nos espectadores.
Em uma cena de ação, por exemplo, a cadeira vibra, se inclina e balança de um lado para o outro. Já em uma cena de tempestade em alto mar, ventiladores no teto da sala sopram fortes ventos, dispositivos estrategicamente posicionados borrifam água e luzes estroboscópicas piscam simulando relâmpagos. Se o protagonista está em uma floresta escura, é possível sentir os cheiros e ver a névoa ao seu redor. Tudo isso em perfeita sincronia com o filme na grande tela.
A tela, por sinal, oferece altíssima resolução. Com a tecnologia 4K, que tem 3840 x 2160 pixels, as imagens da sala apresentam ótima definição. Além disso, o 4K permite que as telas sejam maiores, sem que a qualidade seja comprometida. Tudo em 3D, é claro. Para atingir tamanha qualidade, é necessário projetores ultra modernos, bem como películas com tamanho diferente do habitual.
Poltronas de R$ 10 mil são utilizadas para aumentar o realismo do filme (Foto: Reprodução/CInépolis) (Foto: Poltronas de R$ 10 mil são utilizadas para aumentar o realismo do filme (Foto: Reprodução/CInépolis))Poltronas de R$ 10 mil são utilizadas para aumentar o
realismo do filme (Foto: Reprodução/CInépolis)
Para se ter uma ideia do investimento realizado nessas salas, enquanto uma poltrona para um cinema convencional custa em torno de R$ 300, a poltrona especial para a sala 4DX custa cerca de R$ 10 mil. Com isso, o custo total para implantação desse tipo de sala fica em torno de R$ 5 milhões.
O som é um espetáculo à parte. Assim como as imagens, a qualidade desse sistema proporciona ao usuário alta fidelidade sonora, com caixas acústicas que atingem cerca de 13 mil Watts de potência. Nas poltronas existem pequenos alto falantes ao lado dos ouvidos do espectador que, em determinados momentos do filme, emitem sons específicos, tornando a ambientação ainda mais realista.
Confira o vídeo abaixo:

Se você tem interesse em conhecer esta tecnologia, visite o Shopping JK, que tem parceria com a Philips (São Paulo – SP) , o Shopping São Bernardo Plaza (São Bernardo do Campo – SP) ou o Shopping Bela Vista (Salvador – BA).
via Tech Tudo

Category: ,

0 comentários