Produtores de Destiny comentam jogabilidade e missões públicas do game

Thaylan Melo | 09:54 | 0 comentários

Grande projeto da Bungie para 2014, Destiny foi o único tópico das últimas entrevistas com funcionários da empresa. As discussões variam entre a jogabilidade do título, cuja engine vem gerando alta expectativa interna, e as funções online, que o transformam quase em um MMO.
De acordo com o chefe da equipe de engenharia do game, Chris Butcher, Destiny é originalmente um FPS, com muita ação e combates, que apresenta ainda uma série de fatores sociais e personalizações.
A socialização, ele explica, está na jogabilidade, com áreas públicas e partidas com os amigos – e modos de jogo serão disponibilizados para todos os gostos, como missões de competitividade, com ação de alta intensidade, atividades cooperativas ou mais casuais e relaxadas.
As missões em áreas públicas devem envolver vários times de jogadores e atividades envolvendo vários jogadores – mas isso apenas se o jogador quiser, já que ele não é obrigado pelo jogo a completá-las, mas pode entrar em uma delas a qualquer momento.
A luta pelo loot
Aquela briga entre os jogadores pelo conteúdo que cai com o corpo de um soldado morto não deve existir: a transmissão de prêmios em forma de itens será privada e individual, com os personagens recebendo armas específicas e balanceadas para cada tipo de combatente. Essas são palavras de Pete Parsons, gerente de operações da desenvolvedora.
Esse sistema ainda cria um ranking interno no grupo, que mostra quem fica com as melhores armas ou qual o jogador que realizou mais atualizações nos equipamentos, por exemplo.
Fontes: PolygonJoystiq, Baixaki Jogos

Category: ,

0 comentários