Como a AMD conseguiu estar presente nos três consoles da nova geração

Thaylan Melo | 10:01 | 0 comentários



Não importa qual console você escolha na próxima geração — PlayStation 4, Xbox One ou Wii U —, você vai estar levando para casa uma máquina que utiliza um processador AMD. E acredite, estar dentro das três principais plataformas não aconteceu por acaso. Isso foi uma estratégia desenvolvida pela AMD que incluiu muito planejamento e organização entre ela, Sony Nintendo e Microsoft.
Segundo Matt Skynner, vice-presidente corporativo da AMD: “Quando a próxima geração estava saindo, nós miramos. Internamente, dissemos que queríamos ter todos os consoles. Nós realmente acreditamos que isso combina com a tecnologia que nós temos — tanto x86 e GPU.”
Skynner diz que a estratégia começou com a definição dos pontos fortes da AMD e o estudo de como combiná-los e aproveitá-los. Dessa iniciativa, surgiu a unidade de negócios semipersonalizados da AMD.
“A principal ideia é que nós queríamos trabalhar com eles. O objetivo do negócio de semipersonalizados é trabalhar com os clientes e criar peças semipersonalizadas para oferecer exatamente o que eles querem. E isso tem funcionado para nós”, diz Skynner.
Três diretrizes e muita determinação
Para estar nos três consoles da nova geração, a AMD dividiu a sua estratégia em três objetivos principais. O primeiro deles foi combinar a experiência da companhia em criar CPUs e GPUs em chips únicos, dando origem às unidades de processamento acelerado, as APUs.
O segundo objetivo da AMD foi criar a divisão de produtos semipersonalizados, que tem como objetivo colaborar com as outras companhias para produzir um produto desenvolvido especialmente para atender às necessidades do cliente. Foi dessa forma que a empresa desenvolveu os chips que movimentam o Playstation 4 e o Xbox One, em parceria com a Sony e a Microsoft, respectivamente.
O terceiro objetivo da AMD é a mudança de foco. Diversas divisões da AMD lidam com uma grande linha de produtos distintos, incluindo processadores, placas de vídeo, aplicativos e os produtos semipersonalizados.
O gerente de produto da AMD, Robert Hallock, diz: “Cada negócio agora na AMD, está fortemente focado no campo dos games. Eu diria que talvez até dois anos atrás, provavelmente isso não era verdade, mas agora temos uma equipe de executivos que está realmente comprometida com os jogos.”
Trabalhando junto aos desenvolvedores
A AMD percebeu uma oportunidade e foi atrás. A companhia está trabalhando duro junto aos desenvolvedores para criar cada vez mais recursos e ferramentas para tornar os games mais interessantes. Um exemplo é o recurso TressFX, desenvolvido em conjunto com a Crystal Dynamics e presente no último Tomb Raider.
Fonte da imagem: Reprodução/AMD
Como os novos consoles utilizam a tecnologia x86, a empresa também acredita que será possível tornar o desenvolvimento de jogos no PC algo mais simples, principalmente títulos multiplataforma.
A empresa afirma que, enquanto Sony, Nintendo e Microsoft divulgam as vantagens de suas plataformas, a AMD estará por trás de todas elas, prestando suporte aos desenvolvedores e desenvolvendo novas tecnologias.
Com isso, a AMD pretende fortalecer cada vez mais a sua estratégia de mercado, oferecendo soluções para games em diversos mercados diferentes, estando presente nos desktops, consoles, notebooks e tablets.
Fonte: Polygon, Baixaki Jogos

Category: , ,

0 comentários