Grupo hacker ameaça adolescentes que se filmaram maltratando um gato

Thaylan Melo | 22:19 | 0 comentários


Duas adolescentes do Reino Unido que se filmaram torturando um filhote de gato tiveram seus dados pessoais acessados pelo grupo hackerativista Anonymous. “Não mexa com os gatinhos”, avisou um dos membros pelo Twitter. Gravadas em agosto de 2012, as imagens mostram as amigas arremessando o animal de apenas 8 semanas de vida de canto para o outro, sendo pendurado de cabeça para baixo pelo rabo e, já inconsciente, violentamente jogado contra uma parede.
o-GIRLS-THROW-KITTENS-570As adolescentes estão proibidas de terem qualquer animal de estimação por um ano, devido aos maus tratos com um gatinho (Foto: Reprodução)
Na última quinta-feira, 11, o vídeo chegou a um dos membros do Anonymous, conhecido como @MindSec, no Twitter, que rapidamente repassou para conhecidos. Em pouco tempo, o usuário @NikkiSpannuth descobriu a escola em que as meninas estudam e, logo em seguida, @Iamblondie tuitou seus nomes e o da terceira menina que gravou tudo. Agora, um arquivo online traz informações das adolescentes, incluindo suas contas em redes sociais, nome e endereço de parentes e contatos do coordenador da escola onde estudam.

O Anonymous, temido grupo hacker de ciberativismo com membros espalhados por todo o mundo, além de vazar na Internet documentos sigilosos de empresas multinacionais e governos de Estado, também têm focado sua atenção em ações contra práticas de bullying entre adolescentes, abuso sexual e outros casos de justiça social.
Segundo a Sociedade Real de Prevenção à Crueldade com Animais, as imagens chegaram aos olhos das autoridades britânicas, e as duas meninas, de 15 e 16 anos, confessaram os maus tratos e estão proibidas de terem qualquer animal de estimação por um ano. Felizmente, o gatinho passa bem após exame de um veterinário e já encontrou um novo lar.
Via Daily Dot
Fonte: Tech Tudo

Category: ,

0 comentários