Microsoft divulga informações sobre pré-compra do Xbox One

Thaylan Melo | 11:33 | 0 comentários

Fonte da imagem: Reprodução/Microsoft
Ciente de que muitas pessoas já estão fazendo a pré-compra do Xbox One, a Microsoft divulgou um texto em que esclarece algumas dúvidas quanto ao procedimento. Além de avisar sobre os requerimentos de espaço físico para usar o Kinect (1,4 metro para o single player e 1,8 metro para o multiplayer), a empresa reforçou que os acessórios e jogos do Xbox 360 não vão funcionar no video game da próxima geração.
Segundo a companhia, como o sistema operacional do produto ocupa um espaço substancial, os consumidores não vão poder desfrutar inteiramente dos 500 GB em seu HD. Além disso, alguns games não poderão ser transferidos ou não vão possuir valor de revenda, algo que deve ser decidido pelas próprias produtoras.
A Microsoft também afirmou que será preciso fazer atualizações periódicas do sistema e do novo Kinect para que a plataforma continue funcionando corretamente — ou seja, caso você recuse a atualização, prepare-se para ter um peso de papel em sua casa. Além disso, a organização confirmou que, para desfrutar de serviços de TV a cabo, será preciso assinar o serviço de uma operadora que forneça receivers com conexões HDMI.
Regiões da LIVE — problema em vista?
Talvez o ponto mais importante do documento divulgado pela empresa esteja relacionado às contas da Xbox LIVE. Ao que tudo indica, o console só poderá funcionar em países que contam com o serviço (algo que estava claro devido à necessidade de uma conexão a cada 24 horas), contanto que esses locais estejam autenticados pela Microsoft.
O texto diz que o produto “requer uma conexão com a Xbox LIVE em um país com suporte para o Xbox One (não todos os países com a Xbox LIVE)”. Ao que tudo indica, quem não morar em um dos 21 países contemplados pelo lançamento inicial do console e decidir importá-lo simplesmente não vai conseguir autenticar a plataforma — situação que representa um obstáculo a mais para os consumidores e que tem o potencial de acabar com o mercado de produtos importados.
Confira abaixo a lista dos locais que vão receber o console em um momento inicial:
  • Austrália;
  • Áustria;
  • Bélgica;
  • Brasil;
  • Canadá;
  • Dinamarca;
  • Finlândia;
  • França;
  • Alemanha;
  • Irlanda;
  • Itália;
  • México;
  • Holanda;
  • Nova Zelândia;
  • Noruega;
  • Rússia;
  • Espanha;
  • Suécia;
  • Suíça;
  • Reino Unido;
  • Estados Unidos.
Infelizmente para nossos leitores lusófonos, o video game ainda não tem data para chegar oficialmente a Portugal. E, caso os termos de serviço da Microsoft realmente estejam corretos, importar o console de outro país não deve ser uma opção viável — embora os problemas de registro possam ser contornados com o uso de um DNS diferente, baixar conteúdos exigiria o uso de VPNs, solução com a qual nem todos os consumidores estão acostumados.
Fonte: Microsoft, Baixaki Jogos

Category: , , ,

0 comentários