5 cuidados em caso de perda ou roubo do celular

Thaylan Melo | 22:46 | 0 comentários



Chega o dia em que, por distração ou azar, você acaba encarando a perda ou o roubo do celular. Se o aparelho era um modelo básico que você usava só para ligar e mandar mensagem, o trauma passa logo. Mas se era um smartphone, a situação se complica.
Que atire a primeira pedra quem nunca salvou senhas do e-mail, Facebook e Twitter no celular para acessar os serviços com rapidez. Quem nunca se esqueceu de apagar mensagens recebidas via SMS e WhatsApp [Android |iPhone | Windows Phone]. E quem nunca usou senhas "1234" para desbloquear a tela do celular.
Para evitar que seus dados caiam em mãos erradas, confira algumas dicas que vão ajudá-lo a proteger suas informações mesmo a distância e que impedirão maiores estragos:

1. Bloqueio da linha

Foi roubado ou perdeu o celular? Então não perca tempo e bloqueie a linha. Entre em contato com sua operadora ou avise-a pela internet. Muitas empresas de telefonia permitem que você faça isso por conta própria pela rede. Faça isso antes de tudo para não receber uma conta estratosférica no fim do mês.

2. Acione um aplicativo de proteção de dados

Alguns apps como o Lookout Security & Antivirus, para Android, e o Find My iPhone, para iPhone, são bastante úteis nestes casos - mas só funcionam se instalados no smartphone antes de que aconteça o imprevisto, claro! Estes programas fazem cópias de segurança dos dados guardados no celular para você não ter o trabalho de inserir tudo à mão no seu novo smartphone. Se o antigo telefone tiver um plano de dados ativo, os aplicativos ainda apagam a distância todos os dados do celular e conseguem localizá-lo em um mapa, assim como disparar um alarme remotamente. Por tudo isso vale a pena instalar um app deste tipo (leia mais sobre como localizar e recuperar o celular ou PC roubado).

3. Senha forte na tela de bloqueio

Não deixe de configurar uma tela de bloqueio para seu celular. Ao dificultar o acesso ao conteúdo do telefone com esse “portão de entrada”, você ao menos ganha tempo até bloquear sua linha e apagar as informações do telefone a distância. A tela de bloqueio não garante muita coisa, já que basta retirar o cartão SD do aparelho e colocá-lo em um computador para acessar todo o conteúdo guardado. Mas você consegue um certo tempo de manobra. Um dos melhores aplicativos com essa função, por exemplo, é o Go Locker, para Android, com o qual você configura uma senha por gestos.

4.    Agenda de contatos só com nomes

Ao compor sua agenda telefônica, evite escrever relações de parentesco como “pai”, “namorado” ou “filho”. Isso evita  possíveis golpes, pois a pessoa que tem seu celular em mãos pode ligar para alguém da sua família e inventar uma história qualquer como as típicas mentiras de sequestro.

5.    Troque todas as suas senhas

Quando acessar a internet a partir de casa e notar que seu fiel companheiro não está mais ao seu lado, não economize nas medidas de segurança. Troque todas as senhas dos serviços que você costumava acessar via celular - GmailFacebookTwitterPinterestOutlook.com – e não deixe que desconhecidos tenham  acesso às suas informações pessoais (saiba mais sobre como criar senhas seguras e fáceis de lembrar) .
Nada complicado, não? Com esses cuidados, você está pronto para buscar outro aparelho tranquilo, sem se preocupar com o uso indevido de suas informações.

via Softonic

Category: , , , ,

0 comentários